Chico conclama a sociedade a apoiar a presidenta Dilma para ela manter a decisão de não elevar o preço da gasolina

0
9

O deputado Chico Vigilante, líder do Bloco PT/PRB, usou o comunicado de líderes, na sessão ordinária da tarde de hoje (3/12) para denunciar o que definiu como “guerra absurda”, protagonizada pelo que chamou de “uma meia dúzia de pessoas que se dizem jornalistas, mas que são, na verdade, lobistas a serviço de uma pequena parcela de investidores da Petrobrás”, que ficam o tempo todo insultando a presidenta Dilma, dizendo que ela está interferindo na direção da Petrobrás.

Segundo Chico, esse pequeno grupo fica dizendo que tem que alinhar os preços em nível internacional para, na verdade, elevar o preço da gasolina para R$3,88. “É isso o que eles propõem, alinhar os preços com 30% de aumento, o que coloca o preço da gasolina hoje a R$3,88”, denunciou.
Na análise do deputado, essa situação é inaceitável. Ninguém suportaria, porque são os derivados do petróleo que movimentam desde o pequeno feirante, que vai buscar os produtos na roça pra trazer para a feira até as carretas que transportam os produtos Brasil a fora.

“Portanto, é preciso que a sociedade se levante contra esses que ficam dizendo que é opinião pública”, convidou. E disse também que, na verdade, eles tentam induzir a opinião pública. “E eu estou aqui para denunciar esse tipo de coisa, que parte de meia dúzia de assalariados do grande capital, que tentam a cada momento impor isso a todos os brasileiros”, reclamou Chico Vigilante.

A situação, destacou o deputado, é inaceitável. “Nós não podemos, em hipótese alguma aceitar passivamente essa situação. Querem elevar o preço da gasolina em 30%. Isso é um crime contra a sociedade brasileira, porque a inflação vai disparar e todos nós sabemos que especialmente os trabalhadores assalariados é que pagam pelo processo inflacionário”, afirmou Chico. E convocou a sociedade organizada a se manifestar contra a tentativa de assédio contra a presidenta da República:

“É importante que cada sindicato, que cada dona de casa, que cada trabalhador, mas também os parlamentos se levantem contra esse absurdo, que é esse verdadeiro ataque feito à presidenta Dilma, porque ela não aceitou alinhar os preços da maneira que eles querem”, enfatizou Chico Vigilante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui