COMENTÁRIO DE DONNY SILVA SOBRE A LICITAÇÃO DOS NOVOS ÔNIBUS NO DF

0
11

Discurso contraditório?

 

O Governo do Distrito Federal alega que precisa concluir com pressa o processo licitatório para a compra dos novos ônibus, mas estranhamente parou a licitação sob o falso argumento de que “liminares” estariam inibindo a continuidade do processo.

 

O Blog apurou que não é verdade.

 

Foram concedidas duas liminares que apenas determinam que a comissão de licitação abra os envelopes de propostas de duas empresas. Nada além disso.  Esse tipo de decisão não impede a continuidade, nem afeta a ordem de classificação das propostas de preços das licitantes habilitadas.

 

O TJDF, prestigiando a moralidade, a legalidade e a transparência, determinou expressamente que as propostas das duas empresas  Planalto Rio Preto e Santos & Pradela sejam abertas para simples registro no processo de licitação.

 

Estranha-se o fato de a Secretaria de Transportes ter adiado por quatro vezes a sessão de abertura das propostas, enquanto tentava insistentemente cassar as liminares. De todo o modo, a Secretaria marcou nova sessão de abertura das propostas para quarta-feira, 26/12, a tarde, pois até lá garante que vai cassar as liminares.

 

Parece que o objetivo não é  terminar logo a licitação, mas sim, utilizar-se de expedientes jurídicos não muito republicanos para escolher os licitantes.

 

Diante da nova postura do TJDF, certo escritório paranaense e alguns procuradores  parecem ter perdido a fé em Papai Noel.

 

No DF e  Paraná, alguns indivíduos (inclusive renomados)  estavam extremamente confiantes de que ganhariam  a tão sonhada Ceia neste Natal…

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui