COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS DA CLDF CONVOCA MAESTRO IRA LEVIN

0
6

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) da Câmara Legislativa aprovou em reunião nesta quinta-feira (29/4), a convocação do maestro Ira Levin, da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro, para prestar esclarecimentos sobre a aplicação de recursos destinados por emendas parlamentares à Associação de Amigos daquela entidade. As datas dos depoimentos dos maestros deverão ser confirmadas pelos convocados, dentro do prazo de 30 dias.

Segundo dados levantados pelo Correio, nos últimos três anos a deputada Eurides Brito (PMDB) destinou R$ 10,5 milhões em emendas parlamentares, uma espécie de orientação de gastos sugerida pelos deputados ao governo, para a manutenção do trabalho dos instrumentistas profissionais. Entre os quais, seu genro, o maestro Ira Levin.

Ainda de acordo com a reportagem, dos mais de R$ 10 milhões destinados por Eurides, R$ 5,9 milhões se confirmaram em pagamentos bancários endereçados à Orquestra Sinfônica. Cada distrital tem a oportunidade de indicar R$ 5 milhões por ano com emenda para até 40 projetos. Mas Eurides concentrou média anual de R$ 3,5 milhões para a manutenção da orquestra.

Antes de chegar ao seu destino, os recursos fizeram escala na Associação de Amigos Pró-Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro. Por ser considerada de utilidade pública, abre-se a brecha para que a entidade tenha condições de receber o dinheiro sem a necessidade de licitação, procedimento criado justamente para evitar direcionamento de verba pública.

Outras aprovações

Os deputados da comissão também aprovaram a convocação do comandante da Polícia Militar do DF, coronel Silva Filho, para prestar esclarecimentos sobre os espancamentos de estudantes nas imediações da Câmara Legislativa, no dia das eleições indiretas.

Também foram aprovadas as convocações do presidente da CEB, a fim de explicar concessão de bonificações a acionistas na época dos “apagões”, e do diretor-presidente do Metrô-DF, a fim de explicar as dificuldades para a emissão  dos cartões do passe-livre. Leia mais em o Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui