Cooperativas sofrem com descaso do DFTrans e BRB

0
14

Quando Alberto Fraga ocupou a Secretaria de Transportes do DF, no governo de Arruda, anunciou aos quatro ventos que haveria uma “revolução” no transporte público do DF.

Ele decidiu acabar com as vans e fez licitação para que novos veículos  ocupassem as ruas e avenidas do Distrito Federal. O inacreditável  é que,  além de concorrer numa licitação pública, as empresas e cooperativas vencedoras tinham que pagar outorga ao GDF .

O tempo passou  e algumas empresas já fecharam suas portas e aquelas que ainda  tentam trabalhar, devem ao BRB o financiamento dos ônibus e o empréstimo para pagar a outorga. Estão trabalhando no limite há vários anos.

O interessante nesta história toda, é que praticamente todas as empresas tem milhões de reais bloqueados no DFTrans, que não libera de jeito algum. São valores de diferença de tarifa que poderiam dar fôlego às empresas, em sua maioria, cooperativas de transporte.

Por trás desta história, existe um plano orquestrado pelas grandes empresas,com o conhecimento do BRB  e do DFtrans, no sentido de enfraquecer cada vez mais as cooperativas e repassar posteriormente  suas linhas à outras empresas.

Tem Cooperativa que já ganhou na Justiça o direito de receber o dinheiro indevidamente bloqueado,mas o DFTrans reluta liberar…

Absurdos que só acontecem na capital do Brasil. E os trabalhadores sofrem com a inconsequência de um órgão repleto de denúncias e que é usado de forma politiqueira por alguns intrépidos cidadãos que se acham acima da Lei.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui