COORDENAÇÃO DE CAMPANHA DE AGNELO DIZ QUE EVOLUÇÃO PATRIMONIAL NÃO PASSOU DE 10%

2
11

ELEIÇÕES 2010 » Coordenação de campanha de Agnelo diz que evolução patrimonial não passou de 10%

Lilian Tahan/Correio Braziliense

A coordenação de campanha do candidato Agnelo Queiroz (PT) informou que em 2006 a declaração de bens do petista foi feita de maneira isolada em relação ao patrimônio em nome da mulher, Ilza. Há quatro anos, ele declarou ter R$ 224,3 mil. Mas a assessoria de imprensa do candidato complementou hoje que, já naquela época, os bens do casal somavam R$ 748,9 mil.

No ato do registro de candidatura esta semana, Agnelo afirma ter apresentado a declaração de bens em conjunto com a da mulher no valor de R$ 1,15 milhão. Com isso, a assessoria do candidato alega que o petista não teve uma evolução de mais de 400% nos últimos quatro anos. “A evolução patrimonial do casal é inferior a 10% entre os anos de 2006 e 2010”, sustenta a coordenação de comunicação de Agnelo Queiroz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui