CPI da Caesb: Sindicato denuncia ainda “terceirização ilegal”

0
17

POR MILLENA LOPES & FRANCISCO DUTRA –

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos do Distrito Federal (Sindágua-DF) reúne assinaturas pela abertura de CPI na Câmara Legislativa para investigar a Caesb.

 

A entidade, cuja categoria está em greve há dois meses, argumenta que é preciso apurar “diversas irregularidades em contratos firmados pelo presidente da Caesb (Maurício Luduvice)” e o conflito de interesses entre empresas que pertenceriam a ele e a Companhia.

 

O sindicato denuncia ainda que a “terceirização ilegal” favoreceria a Concremat, empresa que construiu a ciclovia que desabou no Rio de Janeiro.

 

 

 

Fonte: Do Alto da Torre

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui