CPI não acaba em pizza, diz tucano

0
16

izalci
Apesar das escolhas contestadas para presidente e relator da CPI da Petrobras, o deputado brasiliense Izalci Lucas (foto) acredita que desta vez não acabará tudo em pizza. É uma referência às duas CPIs do ano passado, que acabaram em relatórios chapa-brancas limitados a confirmar o já apurado pela Polícia Federal e pelo Ministério Público. Izalci assinou ontem mesmo uma série de requerimentos, inclusive os que preveem a convocação de peixes grandes, como os ex-ministros José Dirceu e Antônio Palocci, o tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto, e seu antecessor Delúbio Soares, empreiteiros e os dirigentes da Petrobras envolvidos, como Nestor Cerveró, Renato Duque, Paulo Roberto Costa e Pedro Barusco. Os tucanos também vão requerer que a nova CPI aproveite tudo o que já se fez nas anteriores, inclusive as quebras de sigilo.

Fonte: Eduardo Brito/Do Alto da Torre/Jornal de Brasília

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui