Cristiano Araújo: Julgado sozinho

0
18

Bolsas de presente

POR HELENA MADER – CORREIO BRAZILIENSE –

 

A Justiça determinou ontem o desmembramento da denúncia contra o deputado distrital Cristiano Araújo (PSD). O Ministério Público do Distrito Federal ofereceu ação penal contra o parlamentar e mais 31 pessoas, que são acusadas de fraude em licitações em um suposto esquema de concessão irregular de bolsas da Fundação de Apoio à Pesquisa (FAP-DF). A denúncia foi apresentada há mais de dois anos e meio, mas, até agora, a Justiça ainda não decidiu se o distrital vai virar réu. O MP imputou o crime de fraude à Lei de Licitações nove vezes ao deputado.

 

Bolsas de presente

 

Com essa decisão, haverá uma separação do julgamento do caso, para que a denúncia contra Cristiano seja analisada pelo Conselho Especial do Tribunal de Justiça e para que os outros acusados tenham a conduta analisada por uma vara criminal comum. Investigações e interceptações telefônicas mostraram evidências da suposta participação do distrital na contratação de pessoas sem qualquer qualificação para receber bolsas de pesquisa científica de até R$ 4 mil. De acordo com a denúncia, jovens de boa aparência ganhavam o dinheiro sem nem sequer sair de casa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui