DELEGADO MAURO CÉZAR REPUDIA DISTORÇÃO DE FATO

1
20
Delegado Mauro Cezar, presidente do SINDEPO: "Eles estão desesperados".

O delegado Mauro Cézar, que é presidente do Sindicato dos Delegados da Polícia Civil do DF (SINDEPO), afirmou ao blog ontem que considera a informação divulgada na imprensa, com relação à sua esposa, “um ato de leviandade e tentativa de desviar o foco das investigações”. A promotora Maria Rosynete Oliveira Lima, que atua na Promotoria de Fazenda Pública, é casada com Mauro Cézar, que disputará um mandato de deputado distrtial pelo PTdoB. Ela é uma das autoras da ação civil pública que pede o afastamento dos oito deputados distritais investigados pela Operação Caixa de Pandora. Rosynete afirmou que é a promotora natural do caso, e que não há nenhuma articulação política envolvendo seu trabalho. O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) entendeu que o pedido de afastamento de deputados deve tramitar numa vara de fazenda pública. Simples coincidência. Já para o delegado Mauro Cézar, ele rejeitou qualquer vinculação entre sua carreira somo sindicalista e a da mulher, que está no Ministério Público há 18 anos. “Minha esposa é apolítica. Nunca se envolve nesses assuntos. O político e sindicalista sou eu. E ela já atuou contra todos os governos de forma isenta, inclussive o de Roriz. E completou: ” Essa crise exige um comportamento ético de quem ama e respeita com responsabilidade nossa cidade. E há muita gente desesperada, tentando limitar investigações, intimidar jornalistas, políticos e empresários. Limparemos Brasília da enorme sujeira que envolve grandes nomes da política local. Eles tentam nos calar, intimidar, mas temos fatos que estão sendo devidamente apurados. Eles podem continuar a me atacar, direta ou indiretamente, mas a verdade prevalecerá”. Mauro Cézar foi candidato a deputado distrital em 2006 e está no grupo que apoia a candidatura de Joaquim Roriz (PSC). Ele faz palestras contra as drogas em escolas e associações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui