Delegado sofre ataque de arapongas ladrões

0
7

 

Elementos desqualificados, remanescentes do submundo da arapongagem, montaram uma rede de ofensas contra o delegado Miguel Lucena pelo aplicativo whatsapp, recorrendo à injúria e à difamação por falta de capacidade para o debate sincero e verdadeiro.

Escondem-se nas sombras do anominato, fazendo toda sorte de armações para reocupar espaços no serviço público e continuar achacando os corruptos amedrontados.

As pessoas contratadas em 2011 para seguir Lucena e armar uma briga na presença dele, em padaria do Sudoeste, com as quais esses arapongas sempre tiveram estreita ligação de negócios, foram todas presas nos meses seguintes. A atuação de Miguel Lucena à frente da Codeplan estava incomodando muita gente sem vergonha.

Esses arapongas também ficaram incomodados quando ele transferiu para o prédio da SSP os equipamentos da Diretoria de Operações da Subsecretaria de Inteligência, que ficavam no SIA, e determinou que somente seriam usados mediante ordem de serviço. Adeus, varreduras desnecessárias!

Na época, circulava nos corredores o informe de que equipamentos eram usados para fins particulares, varreduras a 500 reais o metro quadrado, mas tudo não passou de boatos, não é mesmo?

Outra coisa que incomodou muito os ex-amigos e agora ferrenhos inimigos de Lucena: ele descobriu que um deles recebia 10 mil reais por mês do araponga chefe e todos eles eram enganadores e ladrões.

 

 

 

Fonte: Donny Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui