Denúncia! Sandra Terena expõe à Roberto Jefferson censura e traição do presidente do PTB no Paraná

0
38

Pelo seu perfil no Twitter, a jornalista Sandra Terena informou que o presidente do PTB no Paraná, Edenilso Rossi, está utilizando o partido de forma privada e centralizadora. Ela ainda apresentou um vídeo, da época em que Rossi foi preso por pagamento de R$ 200 mil em propina para um servidor do Tribunal de Contas. A defesa de Rossi, na época, disse que o pagamento se tratava de honorários para o servidor público.

Rossi assumiu o comando do partido, sendo apresentado a Roberto Jefferson por Hugo Alves, mas há três meses a frente da sigla, não fez sequer uma reunião com a diretoria e de acordo com o tuíte de Sandra Terena, colocou como secretário-geral do partido, o responsável por licitações públicas de sua empresa, a Construtora Sial, confundindo a questão pública com a questão privada, tratando o partido como a sua empresa, que atende os governos de estado e prefeituras.

O secretário-geral do partido no Paraná acumulou ainda a presidência do partido em Curitiba, Sandra Terena e a maior parte do diretório, queriam que o primeiro suplente de vereador pelo partido na cidade, Rudimar Fedrigo, assumisse o comando do partido na capital.

A jornalista Sandra Terena tomou essa medida, após descobrir que Edenilso Rossi, estava negociando a candidatura de Oswaldo Eustáquio ao Senado, ou seja, criando maneiras de inviabilizar o processo dentro do partido no estado, já que a direção nacional do partido vê como certa a sua candidatura. A esposa de Oswaldo Eustáquio, também não gostou de Rossi ter vetado da direção estadual do partido o Bispo Paulo Renato, da Sara Nossa Terra, que caminha há mais de dez anos com seu marido nos propósitos do conservadorismo e na luta pelas bandeiras cristãs. Ele impôs ainda censura prévia no grupo de whatsapp no partido, fechando somente para ele falar e decretou lockdown no escritório do partido em Curitiba.

Antes do embate público, Sandra Terena, oficiou os fatos ao presidente nacional do Partido, Roberto Jefferson e a vice-presidente nacional, Graciela Nienov. Oswaldo Eustáquio e Jefferson tem uma aliança que transcende a questão partidária e ambos evitaram um golpe contra o presidente da República, após uma live história no dia 19 de abril de 2020. Procurado pela reportagem, o presidente do PTB no Paraná, Edenilso Rossi, não atendeu as ligações até o fechamento desta reportagem. Sandra Terena disse que não se trata de nada pessoal, mas que o atual presidente da sigla, não pode reduzir o PTB, que tem sido importante em nível nacional para as bandeiras conservadoras, a um puxadinho de sua empresa, o PTB se tornou uma das siglas mais importantes do Brasil hoje, foi necessário colocar o dedo na ferida, para um novo calculo da rota. Temos total confiança na direção nacional do partido, que certamente tomará a decisão mais acertada.”, disse Sandra Terena.

Fonte: horabrasília.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui