Depois do pedido de Delmasso à Polícia para investigar cigarros contrabandeados, traficantes são presos

0
53

No dia 26 de setembro, o vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso (Republicanos), encaminhou ao diretor-geral da Polícia Civil, Robson da Silva, o pedido de investigação sobre a venda de cigarros contrabandeados. Na última sexta-feira (11) a Polícia Civil prendeu dois traficantes que vendiam cigarros eletrônicos com essência de maconha, em Taguatinga.

A ação foi realizada pela Coordenação de Repressão às Drogas (Cord) e compõe a primeira fase da Operação Vaper. A dupla era monitorada por investigadores da Coordenação de Repressão às Drogas e flagraram a dupla em Taguatinga se preparando para uma entrega. Eles levavam os pedidos de carros para os clientes.

“O cigarro contrabandeado representa 20% do mercado. Ele entra por falhas na fiscalização nas fronteiras e é vendido no Brasil por um preço mais baixo. Precisamos de uma ação para conter os bandidos. Além da perda na arrecadação, provoca danos à saúde das pessoas”, ressaltou Delmasso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui