DFTrans ignora pareceres e beneficia grupo que pagou passagens aéreas

0
10

Parecer que autorizou uso de ônibus novos tem data posterior à liberação. Diretor jurídico nega irregularidades; Campanella não quis se pronunciar.

Dois meses depois de receber do Grupo Amaral mais de R$ 10 mil em passagens aéreas para filiados do PPL, o diretor-geral do DFTrans, Marco Antônio Campanella, ignorou pareceres de auditores fiscais do órgão e tomou uma decisão que favoreceu empresas do grupo, mostram documentos obtidos pelo G1. Campanella não quis gravar entrevista.Leia mais

Fonte: Nathalia Passarinho Do G1, em Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui