DISTRITAIS ATRASAM INÍCIO DOS TRABALHOS DA CPI DA CORRUPÇÃO

0
9

O pedido de CPI para investigar a corrupção no governo do DEM no DF, recebeu apenas quatro assinaturas, a metade do necessário, até agora. Os pedidos de impeachment de Arruda receberam reforço e o PSB ingressou com novo pedido de impeachment. É o sétimo pedido. Hoje, apenas cinco deputados estiveram na Câmara Legislativa do DF para apreciar os pedidos de impeachment do governador José Roberto Arruda e de seu vice, Paulo Octávio. A situação ficou muito delicada e mostra claramente a interferência do próprio governador Arruda em atrasar o andamento da abertura da CPI. A líder de seu governo, deputada Eurides Brito, também investigada pela operação Caixa de Pandora, tem trabalhado muito em reuniões reservadas com membros do governo e tentado atrair apoio de outros parlamentares para assegurar o controle dos trabalhos na CPI. Arruda quer o controle absoluto da CPI, indicando o presidente e o relator. E o presidente da Câmara Legislativa do DF, deputado Cabo Patrício, assistirá inerte aos fatos?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui