DISTRITAIS CONDENAM EXONERAÇÃO DE DELEGADA DA POLÍCIA CIVIL

31
3

Deputados distritais, representantes da área de segurança pública, condenaram na sessão ordinária desta quarta-feira (25) a exoneração da delegada-chefe  da Polícia Especializada, Rosana Gonçalves. O comunicado foi feito em Plenário pelo deputado Cláudio Abrantes (PPS), que ressaltou seu “repúdio”  à medida, de responsabilidade da chefe da Polícia Civil, Selma Maria Frota.

“A delegada, uma técnica respeitada com mais de 20 anos prestados na Polícia Civil, foi expurgada do cargo sob alegação de motivos pessoais e encaminhada para trabalhar no cartório da 11ª DP, cargo para delegados iniciantes”, afirmou. O distrital  disse que sempre defendeu a despolitização da Polícia Civil, mas que os parlamentares precisavam ser ouvidos pelo governo antes de decisões como aquelas.

O vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Dr. Michel (PSL), também demonstrou revolta com a exoneração da delegada. “Temos que levar a nossa indignação ao governador. Nunca vi tanto desrespeito na Polícia Civil como  aconteceu agora, quando passaram por cima até do secretário de segurança”, criticou.

“Quem vai estar à frente dessa manifestação junto ao governador não vai ser nenhum deputado da área de segurança. Serei eu mesmo”, disse o deputado Olair Francisco (PTdoB), se solidarizando com os colegas que são policiais. A oposicionista Celina Leão (PMN) também defendeu a necessidade de diálogo  entre o governo e sua base política para resolver aquele problema. “Vocês precisam ser valorizados”, defendeu.

Encontro – Em aparte, o presidente da Câmara Legislativa, deputado Patrício (PT), defendeu a necessidade de “despolitização” da gestão da segurança pública, disse que não fez indicações para cargos e comunicou aos parlamentares que o novo secretário de segurança pública vai se reunir amanhã, às 19h, com os deputados da base de apoio do governo para discutir as questões daquela área. “Nesse encontro vamos poder conversar com o secretário sobre a exoneração da delegada”, explicou.

Fonte: CLDF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui