DISTRITAIS DEVERIAM EXIGIR REFORMAS NA PAPUDA

0
11
Muitos não gostam de ouvir falar em direitos humanos para presos. Alguns acham que eles não são gente e que merecem ser tratados como animais. Pessoalmente acho essa posição desumana e que faz da sociedade tão atroz como os criminosos que estão encarcerados. Autor de crime deve cumprir sua pena e o cumprimento deve ser rigoroso, mas não desumano. Acho que cadeia não deve ser luxuosa, como a que o Arruda ficou, mas não precisa ser uma masmorra. Hoje, uma advogada, me disse que esteve no CDP (Centro de Detenção Provisória) visitando um interno. Foi informada, pelo preso, que toda ala está vivenciando uma situação degradante, dormindo no chão frio, sem colchão e sem cobertor. Muitos presos, segundo ela me relatou, reclamam de dores pelo corpo e quadro gripal e problemas nas vias respiratórias. Os presos do CDP, segundo a advogada me disse, ficam em uma ala de triagem, em que não recebem visitas dos familiares, situação que causa dificuldades extras ao aferimento de eventuais violações de direitos humanos e de personalidade. É um assunto que vale a pena ser checado.

O assunto, aliás, deveria entrar na pauta da Câmara Legislativa do Distrito Federal com urgência. O Deputado Distrital Barra Pesada Geraldo Naves conhece bem a realidade carcerária local, afinal foi hospede da Papuda por pouco mais de 60 dias. O assunto, diante do atual quadro político da CLDF, também é de interesse direto de muitos parlamentares. A cada dia o número de candidatos a uma estada na Papuda aumenta. Se Durval Barbosa mantiver o ritmo de incriminar 03 deputados por depoimento, logo logo não sobrará ninguém. Eis um caso em que a dispensa de licitação se justificaria pela urgência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui