DOMINGOS LAMOGLIA AJUDOU PRUDENTE NO TCDF

0
6

O deputado distrital Leonardo Prudente jura que a empresa não é dele, mas sim, de seu filho. O Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Distrito Federal, ingressou com uma representação recomendando o CANCELAMENTO do contrato de uma empresa ligada à Prudente, que fatura R$4 milhões por mês no DETRAN, agraciada com um emergencial. Por incrível que pareça, o relator que negou o pedido do MP foi o conselheiro Domingos Lamoglia, ex-chefe de gabinete de Arruda. Ao que tudo indica, todos os processos que passaram pelo gabinete do conselheiro Lamoglia estão sob suspeição. Eu bem que avisei aqui no blog que o homem não possuía conduta ilibada para o cargo de conselheiro do TCDF, mas a Câmara Legislativa não quis ouvir e está aí o resultado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui