Drácon 3: Imagens indicam que houve vazamento

1
14

No dia em que a Drácon foi deflagrada, o deputado Chico Vigilante (PT) denunciou que um servidor da Câmara Legislativa viu Sandro carregando um computador para o carro

POR ANA MARIA CAMPOS – CB.PODER –

Base da Operação Drácon 3, as imagens que mostram dois servidores retirando documentos da Câmara Legislativa na véspera da Operação Drácon 1 são um forte indício de que houve vazamento nas investigações sobre a emenda parlamentar que pagou empresa de UTI.

O possível vazamento e a suposta obstrução de investigação sobre crime de corrupção são também apurados pelo Ministério Público do DF.

As imagens do circuito interno da Câmara Legislativa, requisitadas pelo MP, mostram o então secretário-executivo da 3ª Secretaria, Alexandre Cerqueira, carregando documentos, às 10h39 de um sábado, três dias antes da Operação Drácon, deflagrada em 23 de agosto. Ele empurra um carrinho com caixas até a garagem.

Então assessor da presidência da Câmara Legislativa, Sandro Vieira também foi flagrado carregando caixas com documentos, segundo o MPDFT. … 

 

No dia em que a Drácon foi deflagrada, o deputado Chico Vigilante (PT) denunciou que um servidor da Câmara Legislativa viu Sandro carregando um computador para o carro, como revelou o blog CB.Poder.

 

Na ocasião, Sandro negou a acusação. Ele e Alexandre Cerqueira estiveram no Ministério Público para prestar depoimento e negaram a suspeita de que estariam ocultando provas.

 

Nesta manhã (17/10), no cumprimento da terceira etapa da Operação Drácon, Sandro Vieira não foi encontrado em casa, em Águas Claras.

 

O MPDFT tenta localizá-lo para levá-lo coercitivamente para prestar depoimento, como determinou o desembargador José Divino, relator do processo no Tribunal de Justiça do DF.

 

As imagens do circuito interno da Câmara foram periciadas pelo Instituto de Criminalística da Polícia Civil do DF. Foram analisados oito discos rígidos da marca Samsung, com capacidade individual de 500 Gbytes.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui