Durval Barbosa afirma que Aylton Gomes recebeu R$ 420 mil de propina

0
8

Lilian Tahan

 

Testemunha da ação de improbidade administrativa de Aylton Gomes, por suposto envolvimento na Caixa de Pandora, e delator do esquema, o ex-secretário Durval Barbosa confirmou que o deputado distrital participava do esquema de mensalão.

Em depoimento, na tarde desta terça-feira (4/9), Durval Barbosa afirmou que Aylton compunha a base do governo Arruda e que o nome dele foi citado várias vezes nas conversas, como sendo beneficiário do dinheiro do esquema de propina. “Ele recebeu R$ 420 mil para votar no Plano Diretor de Ordenamento Territorial (PDOT). Isso eu garanto, asseguro mesmo”, disse Durval. 

 

Leia mais notícias em Cidades – DF

Durval reiterou que por três vezes serviu, ou seja, “pagou propina” a distritais. Primeiro R$400mil, depois R$ 500 mil e depois R$ 605 mil.

 

Fonte: Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui