DURVAL DENUNCIA ESQUEMA DE JUSTIFICATIVA CONTÁBIL NA IMPRENSA DO DF

0
9

Depoimentos do ex-diretor da secretaria de Relações Institucionais do GDF, Durval Barbosa, e a transcrição das escutas da Polícia Federal indicam que pequenos jornais podem ter sido utilizados para “lavar” dinheiro de empresas que irrigaram a corrupção no Distrito Federal. Um deles é a “Tribuna do Brasil”, cujo dono, Alcyr Collaço, aparece em vídeo guardando dinheiro na cueca. Segundo Durval, a empresa de informática TBA usou o “Jornal da Comunidade” e o “Coletivo” para “justificar contabilmente” doação de R$1 milhão à campanha de Arruda a governador. Este repasse não consta na Justiça Eleitoral. A TBA nega ter repassado dinheiro para a campanha de Arruda em 2006.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui