DURVAL SE LIVRA DE MAIS 2 PROCESSOS

11
8

O Tribunal de Justiça do DF considerou prescritos mais dois processos em que o delator da Operação Caixa de Pandora, Durval Barbosa, foi denunciado por dispensa ilegal de licitação em contratos de informática firmados durante a passagem dele pela presidência da Companhia de Planejamento do DF (Codeplan), entre 1999 e 2006. 

Neste ano, Durval se livrou de quatro processos em virtude da colaboração ao Ministério Público do DF. 

Por unanimidade, os desembargadores da 2ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça do DF reconheceram o benefício da redução de pena o que levou à prescrição.

Fonte: Blog da Ana Maria Campos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui