Eduardo Bolsonaro é absolvido no Conselho de Ética da Câmara

0
9

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados decidiu arquivar nesta quinta-feira (8), o processo contra o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), em que é acusado de quebrar o decoro parlamentar ao defender “um novo AI-5”, ato mais duro do regime militar. O processo estava sendo movido pelos partidos Rede, Psol, PT e PCdoB.

A representação foi arquivada por 12 votos a favor e 3 contrários. A oposição pode recorrer contra a decisão no Plenário. O relator do processo, Igor Timo (Podemos-MG), argumentou que não havia justa causa para seguir com o assunto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui