ELEIÇÃO INDIRETA: TUDO COMO ERA ANTES…

1
8

Dos 24, 11 deputados distritais querem eleger Wilson Lima (PR) governador na eleição indireta que deverá ocorrer nos próximos dias. Com a máquina do GDF nas mãos, Lima tem poder de barganha com os distritais, que já falam em cargos, muitos cargos em troca do voto.

E Lima, que era considerado por alguns como ‘bobinho’, demonstra que sabe exatamente o que deseja para alcançar seus objetivos. Inclusive já ofereceu ao PT, a eleição do deputado Cabo Patrício para a presidência da Casa. Hoje, Patrício é interino. Ou seja: tudo fica como está e estamos conversados.

Entretanto, o deputado federal Alberto Fraga (DEM) corre por fora, tentando reconstruir a reputação de seu partido que ficou abaladíssima com o escândalo do mensalão do DEM. Mas o apoio tem sido medíocre. Falta discurso a Fraga para convencer os distritais.

Há muitas especulações sobre quem deve se eleito para governar o Distrito Federal até 31 de dezembro de 2010. Mas o destino da cidade está literalmente nas mãos de deputados que ficaram omissos, silenciosos e escondidos até a prisão do ex-governador José Roberto Arruda. Até o PT estava quieto. PPS nem se fala. Agora, todo mundo resolveu aparecer. A política realmente é uma caixinha de surpresas, e às vezes, até de Pandora…

E por trás de alguns candidatos, existem políticos que concorrerão a cargos majoritários aguardando com ansiedade o desfecho em torno do governador tampão. Haja jogo de interesses!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui