ELEIÇÕES INDIRETAS: SE CORRER O BICHO PEGA, SE FICAR O BICHO COME

0
4

A Câmara Legislativa do Distrito Federal é de fato, uma caixinha de surpresas. Deputados envolvidos até os dentes em denúncias de envolvimento no escândalo do Mensalão do DEM ainda agem como ‘antigamente’, e negociam muito para a escolha do governador tampão.

Não é de hoje que a CLDF se tornou num milionário balcão de negócios, cargos, dinheiro, contratos emergenciais entre outras influências que contribuiram para uma considerável melhoria do padrão de vida de muitos parlamentares.

Discursos vazios jogados para a platéia, sobre sinceridade, honestidade, trabalho  e moral ilibada,constituem a outra face de parlamentares que adoram negociar o mandato, às custas, primeiramente do eleitor, e em segundo, do erário público.

Agora, a sociedade assiste perplexa, os deputados distritais sob suspeita e outros sob investigação,  terem a grata oportunidade de eleger um governador com poder de nomear, dar contratos emergenciais a quem quiser, celebrar contratos com quem desejar, utilizar a mídia da maneira que quiser e que não estão dando a mínima a opinião pública.

Entretanto, graças a Deus, a Polícia Federal acompanha os passos de dois candidatos, que caso sejam eleitos, serão surpreendidos. Há um terceiro candidato que também está sendo investigado (e vigiado) que, caso eleito, abrirá caminho para que na próxima semana o Distrito Federal ganhe de presente de 50 anos, uma intervenção federal, para liquidar de vez com as pretensões de muitos que sonham fazer uma farra no GDF durante o mandato tampão.

A Procuradoria-Geral da União, o Ministério Público Federal, o Supremo Tribunal de Justiça e a Polícia Federal acompanham os fatos, e pelo visto, muitos parlamentares denunciados pela Operação Caixa de Pandora acham que o pior já passou e que não serão surpreendidos por novas operações e prisões. Mero engano de quem acha que a Justiça é cega, o povo é burro, toda a imprensa pode ser amordaçada e a polícia, enganada.

Os deputados distritais precisam ter muito cuidado ao votar. Os encontros que ocorreram nesta semana em que acordos foram feitos, poderão resultar, dependendo do grupo vencedor, em novos e reveladores escândalos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui