Em discurso na Paulista, Silas Malafaia aponta “engenharia do mal” para prender Bolsonaro

O pastor Silas Malafaia, organizador do ato na Avenida Paulista a favor de Jair Bolsonaro, afirmou neste domingo (25/2) que há uma “engenharia do mal” para prender o ex-presidente.

No trio elétrico, em São Paulo, o religioso também atacou pessoalmente o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, e o ministro Alexandre de Moraes. “Vou mostrar a vocês a engenharia do mal para prender Jair Messias Bolsonaro”, declarou, em referência às operações da PF autorizadas por Moraes.

Ele chamou Bolsonaro de o “maior perseguido político” da história do País, disse o líder evangélico. O fato é que se prenderem Bolsonaro, o Brasil vai parar, e Zé Dirceu sabe muito bem disso.

A esquerda e seus puxadinhos no Judiciário, ao invés de trabalharem pelo Brasil, atuam juntos para tentar enterrar a direita. Não conseguirão, porque o Brasil é de direita (cadê os eleitores de Lula?), e o  resto é pura narrativa esquerdista que paga (muito bem) a grande imprensa para iludir o país enquanto o desgoverno comunista segue destruindo a economia, a democracia e a Constituição do Brasil.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui