Empresários da saúde se reúnem para debater a falta de segurança em Ceilândia

0
15

washington

O deputado distrital Washington Mesquita tomou café da manhã nesta quinta-feira, dia 12, em Ceilândia. O evento, que contou com a presença de empresários do setor de saúde da cidade, o distrital Chico Vigilante e o coronel Madureira do 8º Batalhão de Polícia Militar, foi organizado pelo médico Leandro Marques Dutra, proprietário do Hospital das Clínicas – Pronto Socorro de Fraturas.

O encontro foi para debater problemas da falta de segurança e de investimentos em infraestrutura na região. “Não podemos mais ficar reféns dos bandidos. Por isso, decidimos fazer esta reunião para mostrar que não podemos ficar de braços cruzados, que estamos com medo, nos sentidos inseguros, muitas vezes impossibilitados de trabalhar”, disse o dr. Leandro Dutra.

Na ocasião, o deputado Washington Mesquita ressaltou que o papel do parlamentar é justamente ouvir os anseios da comunidade. “Este é o momento de unir forças. Tenho certeza que a Polícia Militar, junto com a Polícia Civil, vão desenvolver ações para reforçar a segurança da região. Estou comprometido com essa problemática e empenhado em buscar melhorias para Ceilândia como um todo”, enfatizou.

O empresário Diel Carvalho Rodrigues fez questão de colocar para o coronel Madureira que a insegurança tem assustado não só os comerciantes como os clientes. “Infelizmente, não tenho como oferecer segurança aos meus pacientes. Diariamente temos clientes assaltados, carros furtados e arrombados. Sem contar os casos de roubo a comércio. Não podemos trabalhar com essa insegurança, muitos estabelecimento estão fechando as portas”.

O coronel Madureira disse entender a preocupação dos empresários e pediu para que a comunidade não deixe de ir à delegacia para registrar as ocorrências dos casos de violência. “A Polícia Militar trabalha baseada nas estatísticas. As ações são reforçadas nas regiões de maior demanda. Mas muitas vezes nosso trabalho fica prejudicado por não ter os números exatos da violência”.

O militar destacou ainda que irá reforçar o patrulhamento ostensivo na região e irá disponibilizar uma unidade móvel da PMDF para o setor da CNM 17.

Um novo encontro ficou agendado para o dia 19 de setembro, onde contará com a presença de um representante da Polícia Civil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui