Empresários são presos suspeitos de sonegar R$ 130 milhões em impostos

0
7

Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil goiana prendeu empresários da Região Metropolitana do Distrito Federal suspeitos de sonegar R$ 130 milhões. A Operação Arrebatamento apura crimes de falsidade ideológica, associação criminosa e crimes contra a ordem tributária e pretende recuperar aos cofres públicos impostos sonegados por um grupo empresarial que atua em cidades como Luziânia, Cidade Ocidental, Formosa e Valparaíso.

Foi com cruzamento de dados das operadoras de cartão de crédito que o Fisco de Goiás identificou a movimentação de mais de R$ 70 milhões em uma única empresa em Luziânia por movimentação de crédito e débito. A empresa, porém, estava com cadastro suspenso na Secretaria de Fazenda.

As investigações apontaram um esquema de blindagem patrimonial com documentos falsos ou adulterados. Nos municípios goianos, quatro mandados de prisão temporária e 19 de busca e apreensão estão sendo cumpridos, além de duas conduções coercitivas.

 

 

 

Fonte: Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui