Encontros perigosos (parte 1)

Aquele intrépido político que finge ser rico em Brasília, têm deixado rastros por onde passa, inclusive no Guará.  Agora ele tenta desesperadamente conseguir dinheiro para pagar o restante que deve da mansão que comprou e não pagou. Mas ele deveria se preocupar mesmo é com os registros de seus encontros nada republicanos nos últimos meses. Definitivamente o deslumbrado sujeito que adora um Rolex não tem escrúpulo. Ele se esquece que Brasília, apesar de grande, seu universo político é extremamente pequeno e algumas vezes, escandaloso, principalmente quando se trata de forasteiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui