ÉPOCA: ACABOU A FOLIA DE ARRUDA

1
11

Desde que foi deflagrada a Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal, o governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda, estabeleceu um paradigma inédito na farta história da corrupção na política brasileira. Arruda foi o primeiro governador flagrado em vídeo ao receber dinheiro supostamente sujo de um ex-assessor. Na semana passada, Arruda também se tornou o primeiro governador a ser preso no exercício do cargo, desde a redemocratização, em 1985, por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), antecipada, em primeira mão, por epoca.com.br. Ao decretar a prisão de Arruda, o STJ também determinou seu afastamento do cargo por prazo indeterminado. Arruda se entregou no prédio da Superintendência da Polícia Federal, no fim da tarde da última quinta-feira, depois que o STJ aceitou o pedido de prisão preventiva feito pela subprocuradora-geral da República Raquel Dodge. Em seguida, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, protocolou no Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de intervenção no Distrito Federal. Se aceito o pedido, o Distrito Federal poderá se tornar a primeira unidade da federação a ser alvo de intervenção federal fora de um período ditatorial – outro ineditismo no escândalo brasiliense. Gurgel afirma em seu pedido que a Câmara Legislativa estaria comprometida porque pelo menos oito dos 24 deputados distritais são mencionados como suspeitos na investigação. Fonte: revista Época

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui