Esquema Bilionário: Em e-mail, réu do mensalão ameaça doleiro

0
13

João Cláudio Genu, ex-assessor da liderança do PP, pede que Alberto Yousseff cumpra compromisso e diz: “Vou até as últimas consequências”

A complexa engenharia criminosa do mensalão implodiu há quase nove anos, quando o então deputado Roberto Jefferson denunciou a existência da rede de corrução. Mas alguns personagens do esquema continuaram em ação muito tempo depois de a engrenagem principal ter sido desfeita.

 

 

 

Na época do escândalo, João Cláudio Genu era chefe de gabinete da liderança do PP na Câmara. Ele foi responsável por sacar recursos do valerioduto para José Janene, líder do partido. Em troca, o PP asseguraria o apoio da sigla ao governo Lula. O escândalo veio à tona em 2005. Genu deixou o cargo em 2007. Em 2010, Janene morreu. Em 2012, o Supremo Tribunal Federal (STF) começou a proferir as sentenças do caso do mensalão. Ainda assim, o ex-assessor continuou tratando de negócios não-republicanos. Leia mais

Fonte: RODRIGO RANGEL e GABRIEL CASTRO revista Veja

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui