Ex-governador Agnelo Queiroz (PT) é condenado por improbidade

0
61
(Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ex-governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), foi condenado pela 2ª Vara da Fazenda Pública do DF por ato de improbidade administrativa ao assinar termo de compromisso para a realização da Fórmula Indy e contrato de licitação para reforma do Autódromo de Brasília Nelson Piquet.

Além de Queiroz, foram condenados a ex-presidente da Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap), Maruska Lima de Sousa Holanda, o ex-diretor financeiro da estatal, Jorge Antônio Ferreira Braga, e o ex-secretário de Estado de Publicidade Institucional, Carlos André Duda.

Em investigação do caso, o  Ministério Público do Distrito Federal e Territórios  (MPDFT) identificou suposta prática de ato de improbidade administrativa nas celebrações do contrato 63/2014, relacionado à reforma do autódromo de Brasília, e do termo de compromisso firmado por Agnelo com a TV Band, para que a Fórmula Indy de março de 2015 fosse realizada na capital federal.

Cada vez mais Agnelo Queiroz se enrola na Justiça.

 

 

  • Com informações do Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui