EXCLUSIVO!!! Trabalhadores da Nocavap denunciam secretária ostentação da ASCAP

0
107
Vejam só que loucura essa história: Uma grave denúncia foi formulada e protocolada por trabalhadores da Novacap em 4 de maio de 2016 na SAC FEIS – MPDFT,  contra a Associação dos Servidores da Novacap (ASCAP) onde versa sobre uma suposta fraude na cobrança da taxa associativa que acarreta prejuízo ao trabalhador que acaba pagando 138% a mais do que o valor devido.
Denúncia feita em 2016 ao MPDFT por três trabalhadores da Novacap.

 

novacapdenuncia2recibo
O recibo da desconfiança…
A denúncia cita também fraude na ficha de adesão da associação que não está de acordo com o estatuto vigente onde a mesma sugere desconto de 1% da remuneração do estatuto no seu artigo 57, que  determina 1% do salário base.
Esta denúncia foi reforçada por  outra,  em 18 de maio de 2016, onde os trabalhadores apontam uma nítida redução patrimonial físico da Associação e totalmente fora de consonância com seu crescimento arrecadativo, pois desde o ano de 2011,  a mesma faz a gestão de grande volume de recursos públicos destinados pela Novacap para a gestão  de Plano de Saúde para os trabalhadores associados,  valores que hoje beiram a casa de R$ 12 milhões de reais anuais. Nesta mesma  denúncia,  apontam também sorteio de automóvel onde o cidadão que ganhou o carro é simplesmente um membro do Conselho Fiscal da Associação.
claudiaapto
O novo apartamento…
Outra questão emblemática, delicada  e vergonhosa desta segunda denúncia,  é a vida de ostentação da secretária do presidente da Associação,  CLÁUDIA DE JESUS. Segundo informações,  o salário dela não ultrapassa R$ 4 mil/mês e seu marido é professor temporário da rede pública de ensino no DF. Mas o casal,   juntamente com dois filhos e um sobrinho,  entre junho de 2012 e julho de 2016 fizeram 4 viagens a Disney,  um cruzeiro pelo Caribe-Bahamas e um Cruzeiro pelo mar Mediterrâneo  (Europa/Africa),  viagens ao Chile e Beto Carreiro Word entre outras.
claudia1claudia2claudia 3claudia4claudia5claudia6
A denúncia aponta ainda que a mesma possui um apartamento em Taguatinga quitado e adquiriu outro em Águas Claras em setembro de 2014, tendo dado uma  entrada de R$ 77 mil  e prestações de R$ 3.301,00 . Em 10 de dezembro do mesmo ano comprou um automóvel X60 Lifan com entrada de R$ 32 mil e vinte dias depois embarcou para um cruzeiro no mar Mediterrâneo Europa/África. Foi destacado que neste período,  a mesma mantinha os dois filhos estudando em escola particular no Guará em período integral pagando  R$ 3 mil por mês de mensalidade.
claudia7claudia8claudia9claudia10claudia11claudia12
Nesta mesma denúncia, consta  que a súbita  prosperidade financeira da secretária deveria ser esclarecida,  inclusive observando as declarações de imposto de renda da mesma.
E por fim,  foi denunciada a ausência de prestação de contas de forma transparente daquela associação. A denúncia foi recebida sob o número 08190.010578/16-53
mpdftclaudia
O promotor da origem se julgou incompetente para apurar o caso e encaminhou para a Promotoria de Justiça Criminal de Brasilia,  que imediatamente requisitou a abertura de Inquérito Policial  e enviou para a Corregedoria-Geral de Polícia Civil do DF, em 27/06/2016.
Cabe observar que este inquérito está sob a tutela da 8ª  DP,  situada no SIA, cujo delegado responsável é o Doutor  André Henrique Cardoso Carvalho.
Os trabalhadores da Novacap aguardam ansiosos o resultado da investigação. Nós também.
Fonte: Donny Silva