Fábio Damasceno, o grande culpado pela revisão tarifária (e pela crise no governo)

0
37

Além do gigantesco desgaste político de Rollemberg  junto à população e à Câmara Legislativa, o súbito aumento das tarifas de ônibus e de metrô no Distrito Federal ainda  vai parar na Justiça. Mas o grande culpado pela primeira crise do governo em 2017, é mesmo o PSB. Afinal de contas, o secretário de Mobilidade do DF, Fábio Damasceno, foi “importado” de Vitória (ES), onde não deixou saudades, para ocupar o cargo tão importante na cidade.

E foi justamente de Damasceno  a atrevida e desastrosa ação de persuadir o governador Rodrigo Rollemberg a cometer tamanha gafe política no finalzinho de 2016. Este Blog já avisou que,  se Rollemberg não se livrar logo de alguns secretários trapalhões, vai afundar junto.

O governador foi induzido ao erro. Assinou o aumento e foi para Aracaju, deixando para trás a primeira grave crise com o Legislativo, que deu rápido sinal de que sairia em defesa da população e não aceitaria a tal “revisão tarifária”.

Rollemberg interrompeu suas férias e retorna nesta segunda (2) à Brasília para tentar apagar o incêndio que Damasceno provocou. Mas será uma missão muito árdua, porque ficou difícil acreditar num governador que não cumpre a palavra.

E por último, alguém precisa investigar a fundo o que se passa na Secretaria de Mobilidade, que não funciona, complica a vida dos usuários do sistema público de transportes, e emite sinais de amizade com os empresários do setor, que agradeceram o aumento das passagens.

 

Fonte: Donny Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui