Filippelli derrota Swedenberger Barbosa

0
9

 

Desde os tempos dos governos de Joaquim Roriz, o hoje vice-governador do DF, Tadeu Filippelli (PMDB), sempre foi considerado um “político cauteloso” e que sempre evitava conflitos ou disputas internas dentro do governo. Seguia à risca um mantra de Roriz que dizia sempre que em governo o certo é “ciscar para dentro”.

Nos últimos meses, Filippelli vem ouvindo o que quer e o que não quer para evitar conflito. Só que na última sexta-feira (21/9) ao ler o Diário Oficial do DF, ele se deparou com o decreto nº 33.916, assinado pelo governador Agnelo Queiroz, que promovia alterações na estrutura da Coordenadoria das Cidades da Casa Civil, comandada pelo “todo poderoso” Swedenberger do Nascimento Barbosa, que vem se comportando como uma espécie de “capataz” no Palácio do Buriti. …

O decreto retirava da Novacap, ligada ao vice-governador, inúmeros poderes. Entre eles a gerência de conservação, manutenção e revitalização de áreas urbanizadas e ajardinadas, diretoria de conservação urbana, programa Cidade Limpa e muitas outras coisas.

Não suportando tamanha humilhação, Tadeu Filippelli procurou o governador Agnelo Queiroz para uma longa e tensa conversa. Há quem diga que se lavou muita roupa suja em alto e bom som.

Salvo engano, desta vez Tadeu Filippelli conseguiu derrotar o sem voto chefe da Casa Civil, Swedenberger do Nascimento Barbosa, que tenta imitar o comportamento do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, hoje réu do mensalão.

Depois de ouvir a forte argumentação do companheiro e presidente do PMDB-DF, Tadeu Filippelli, o governador Agnelo Queiroz mandou fazer, ainda na sexta-feira, uma edição extra do Diário Oficial do DF e publicou o decreto 33.917 revogando o decreto da discórdia 33.916.

Uma coisa é certa: a versão oficial pode fazer o tipo, revogado por incorreções etc e tal.

 

Fonte: Blog do Honorato

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui