Fraga e Bessa: Uma aversão mútua que pode contribuir com a segurança pública

0
9

Fraga-e-Bessa

 

 

Já é consenso nos bastidores da política do DF, que os deputados federais Alberto Fraga (DEM/DF) e Laerte Bessa (PR/DF) não se bicam. Mesmo assim, ambos levantam a bandeira da segurança pública na Câmara dos Deputados, cada um a seu modo, obviamente.

Fraga fez carreira na Polícia Militar, onde chegou a ser promovido a tenente-coronel. Já Laerte passou quase 30 anos na Polícia Civil, sendo 8 como diretor-geral da entidade. Como podem perceber, parece ser verdadeira a rixa que existe entre policiais de categorias distintas.

Na Câmara, Fraga defende a extinção da maioridade penal, não havendo mais idade definida para se cometer crimes e pagar por eles, ou seja, se praticou delitos vai para a cadeia, independente de quantos anos o indivíduo tenha. As principais propostas defendidas por Bessa é o fim dos saidões em datas comemorativas, onde muitos presidiários não retornam aos presídios e acabam cometendo novos crimes, além da restrição de liberdade provisória em se tratando de crimes hediondos.

Se juntarmos as propostas de Fraga e Bessa vamos chegar à seguinte definição: o fim de regalias para bandidos e presidiários. Com a violência aumentando a cada dia, é importante que o Congresso não se cale e endureça a legislação, e os dois deputados federais do DF podem contribuir decisivamente para o enriquecimento do debate.

Não vejo como problema o fato de Fraga e Bessa não se darem bem. Se conseguirem levar adiante suas propostas, com certeza o povo do DF e de todo o país serão beneficiados.

 

 

Fonte: Blog do Fred Lima

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui