FRASES DE 2009 QUE SERÃO LEMBRADAS EM 2010..

0
17

Difícil é mudar a cabeça das pessoas para sair de uma cultura de ilegalidade.” (José Roberto Arruda, do DEM, governador do Distrito Federal. 30/03)

“Ah! Ótimo. Você podia me dar uma cesta, um negócio aqui.” (Arruda, no vídeo onde aparece recebendo dinheiro vivo entregue por Durval Barbosa, seu ex-secretário de Relações Institucionais. 29.11)

“O dinheiro era para a compra de panetones que seriam doados a pobres de Brasília”. (José Gerardo Grossi, advogado de Arruda. 29/11)

“Pois é… Arruda, agora, vai comer o panetone que o Diabo amassou.” (Túlio Otoni, jornalista mineiro, em seu twitter. 29/11)

“(…) vimos externar à população do Distrito Federal nossa indignação pela trama de que estamos sendo vítimas.” (Aruda e Paulo Octavio, vice-governador. 30/11)

“Quem com mensalão fere com mensalão será ferido.” (José Eduardo Dutra, novo presidente do PT. 01/12)

“Querendo dar uma de arautos da moralidade! Quero ver aonde é que vocês vão chegar.” (Alberto Fraga, secretário de Transportes do governo Arruda, na reunião da Executiva do DEM que abriu processo de expulsão contra seu chefe. 03/12)

“O deputado Leonardo Prudente, do DEM, explicou que guardou dinheiro nas meias “em função da minha segurança”. Tem toda razão. Brasília está cheia de ladrões.” (Elio Gaspari, jornalista, 06/12)

“Vou apresentar provas irrefutáveis da minha inocência e de que fui vítima de um complô urdigo por um homem que tem mais de 30 processos por corrupção.” (Arruda, 7/12)

“O fato de sair do governo não quer dizer sair da base governista na Câmara.” (Flávio Couri, secretário-geral do DEM, a respeito dos partidos que retiraram seu apoio ao governo. 09/12)

“Arruda foi meu secretário e hoje é o maior bandido da cidade.” (Joaquim Roriz, quatro vezes governador de Brasília, candidato à sucessão de Arruda, a quem apoiou na última eleição. 23/12)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui