FRASES QUE MARCARAM A CAMPANHA DE 2010

1
8

Frases que marcaram a campanha de 2010 – (2)

 

Dilma

8 de junho
“Antes de Lula, o Brasil estava afunhunhado”.

12 de Junho
“A imprensa que constrói uma democracia é a imprensa que fala o que quer, dá opinião que quer e se manifesta do jeito que bem entende.”

22 de junho
“Eu posso não ter experiência de governar como eles governaram com estagnação, desigualdade e desemprego, agora governar gerando emprego, distribuição de renda, tirando 24 milhões da pobreza e 31 milhões elevando à classe média, eu sei muito bem fazer”.

7 de julho
“Me pediram rubrica. Rubricar é rubricar, e eu rubriquei”.

29 de julho
“O presidente Lula me deixou um legado […], que é cuidar do povo brasileiro. Eu vou ser a mãe do povo brasileiro.”

19 de agosto
“Aprovamos o Plano Real e, mais do que isso, levamos à frente e o utilizamos de forma adequada.”

2 de setembro
“Foi um malfeito” [sobre a quebra do sigilo fiscal da filha de Serra].

6 de setembro
“Eu não tenho a mesma posição histórica do presidente Collor. Agora, se ele quiser apoiar minha candidatura, é um problema da liberdade democrática.”

12 de setembro
“Eu tenho até hoje a maior e a melhor impressão da ministra Erenice.”

21 de setembro
“Não posso ser responsabilizada pelo que faz o filho ou parente de alguém.”

29 de setembro
“Lamento a campanha absolutamente difamatória que fazem contra mim, dizendo que estou utilizando o nome de Cristo para falar que nem ele me derrotava na eleição. Eu acho isso um absurdo, uma calúnia e uma vilania contra mim. Como vocês sabem que sou cristã, eu jamais usaria o nome de Cristo em vão.”

Serra

13 de junho
“O tempo dos chefes de governo que acreditavam personificar o Estado ficou pra trás há mais de 300 anos. Luís XIV achava que o estado era ele. Nas democracias e no Brasil, não há lugar para luíses assim.”

20 de junho
“Hoje me choca ver gente que sofreu sob a ditadura no Brasil cortejando ditadores que querem a bomba atômica, que encarceram, torturam e matam adversários políticos, fraudam eleições, perseguem a imprensa livre”.

12 de julho
“Não há perigo de eu assinar sem ler. Sou cricri. Sempre escrevi meus textos. Viro madrugada escrevendo e lendo.”

23 de julho
“Eu não sou candidato da oposição, eu sou o candidato do ‘pode mais’, do ‘dá pra fazer’.”

31 de Agosto
“Usar a filha dos outros para ganhar eleição… Agora a turma da Dilma está fazendo isso.”

13 de setembro
“Lula se candidatou ao 3º mandato através de Dilma. Deve receber uma medalha quem bolou coisa tão genial”.

22 de setembro
“A eleição não está decidida. Acreditem nisso. Não está. Precisamos dar a batalha até o último momento.”

Marina

11 de Junho
“Esse Brasil não pode ser adiado para amanhã. Ele começa agora. Não vamos aceitar o veredicto do plebiscito. Ele vai ser revogado pelo povo brasileiro.”

19 de julho
“Nunca fumei maconha, bebi álcool ou usei daime: só Biotônico Fontoura”.

25 de agosto
“Eu tenho a coragem de fazer o que nem as lideranças do PSDB são capazes de fazer: dar o crédito da política econômica ao Fernando Henrique, mesmo ele não sendo assim tão popular.”

27 de agosto
“Nós conhecemos o Lula, o Fernando Henrique e o Serra. A Dilma, nós conhecemos como ministra de Minas e Energia, mas daí a ser…”

8 de setembro
“A campanha não é para fazer pegadinha ou casca de banana, é para discutir as coisas com seriedade. Não é para resvalar para o vale-tudo.”

10 de setembro
“As pessoas começam a infantilizar a sociedade. Agora temos Estado pai, Estado mãe, Estado tio, Estado avô”.

Fonte: Blog do Noblat

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui