Futebol: Prefeito de Belo Horizonte é condenado a pagar R$ 60 mil por chamar Juiz de “bostinha”

0
48

Processo foi gerado a partir do primeiro jogo da Copa Brasil em 201

O clássico era Atlético e Cruzeiro, os dois maiores times mineiros e que trazem aos estádios um grande número de torcedores.

O time do Atlético estava sendo processado por questões fiscais e tinha em seu desfavor uma execução fiscal no valor de R$ 11,8 milhões.

O Juiz Federal André Gonçalves de Oliveira Salce, em sua decisão que antecedia o referido clássico, mandou bloquear a renda por conta daquela execução.

Naquele momento, Alexandre Kalil, então presidente do Galo, desferiu ataques ao Juiz Salce, em suas redes sociais, chamando-o de “bosta” “bostinha” e “babaca”.

Tal procedimento de Kalil gerou um processo contra ele, movido pelo Juiz Salce, com valor inicial de R$ 600 mil, posteriormente reduzido pelo Tribunal para R$ 60 mil.

Ganho de causa para o Juiz em primeira instância, cabendo recurso ao condenado.

 

Fonte: bemminas.com.br

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui