Gim avisa que disputará a reeleição

0
10

 gimargello2

Reunido ontem com os empresários do grupo Lide, o senador brasiliense Gim Argello (foto) deu o recado: é mesmo candidato à reeleição. Fez um resumo do seu trabalho nos seis anos em que ocupa a cadeira, mostrando como conseguiu direcionar volume extremamente substancial de recursos para o Distrito Federal. Deixou entre os empresários não apenas a certeza de que disputará o Senado, mas também, e em especial pelas fortes críticas feitas ao atual governador, a convicção de que se delineia já um rearranjo partidário na capital.

 

 

Proposta de “um bom para fazer”

 

Até pelas referências a detalhes da administração brasiliense, teve empresário achando que Gim Argello fez discurso de candidato ao governo. No entanto, Gim foi claro, até nas alfinetadas.  “Disputo o Senado. Mas é para continuar a fazer, é para ser, como sou o senador que mais teve leis aprovadas, em comparação com a soma de todos os outros, em todos os tempos. Já tem dois lá para fazer discurso. O professor Cristovam é um craque nisso, é um gigante, um homem de bem. Mas não é de fazer. Tem outro lá — Rodrigo Rollemberg — que também é bom de falar. Se precisarem de um bom de fazer, estamos aqui”, disparou.

 

 

Não dá conta

 

O governador Agnelo Queiroz ficou mal na foto. Aliás, muito mal. Gim Argello foi direto: O Agnelo que me desculpe, mas ele não está dando conta de gerir a cidade”, afirmou, defendendo um perfil empreendedor para o Buriti. “Está na hora de um empresário se apresentar para o GDF. Sinceramente, se tivéssemos aqui um governador como o Marconi Perillo (de Goiás), a gente estava muito à frente. Consegui recursos importantes para a Região Metropolitana e ele está fazendo por lá o que tem de ser feito”, destacou. Com sua proximidade do Planalto — Gim é vice-líder do Governo e lider do bloco que une PTB, PR, PSC e PRB — o senador conseguiu destinar R$ 4 bilhões para Goiás aplicar na Região. Para o Buriti, só do PAC foram R$ 17,8 bilhões.

 

Fonte: Eduardo Brito/Do Alto da Torre/Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui