GOVERNADOR VOLTA DA EUROPA COM NOVAS IDEIAS PARA O MANÉ

20
7

Depois de nove dias e quatro países europeus visitados, o governador Agnelo Queiroz traz na bagagem propostas de investimentos para Brasília durante e depois da Copa de 2014

Jornal da Comunidade

Durante nove dias o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, esteve em viagem pelo Velho Continente. A missão do petista e de sua comitiva, formada pelos secretários de Obras, Luiz Carlos Pitiman, o chefe de Gabinete, Cláudio Monteiro, e o secretário Particular Bolívar Rocha, foi trazer para a capital brasileiras ideias úteis para o sonho de Agnelo de sediar em Brasília a abertura da Copa do Mundo de 2014 e investimentos. Durante a viagem Agnelo passou por Espanha, Alemanha, França e Inglaterra e pode ver de perto estádios, arenas multiuso, o transporte público e a gestão de resíduos sólidos.
Na volta para Brasília, Agnelo afirmou que tudo que foi visto e que será implementado no DF e não será utilizado apenas para a Copa de 2014, mas para os próximos 50 anos de desenvolvimento. “Estamos preparando a cidade para os próximos 50 anos e não para os próximos quatro anos. A nossa preocupação é com o pós-Copa. Nosso projeto é desenvolver economicamente a capital a longo prazo. Não são investimentos exclusivos para o mundial de futebol”.

O governador Agnelo Queiroz visitou os mais importantes e modernos estádios de futebol do continente europeuO governador Agnelo Queiroz visitou os mais importantes e modernos estádios de futebol do continente europeu

Em todas as cidades por onde passou Agnelo conheceu empresas e propostas que pudessem ser reproduzidas no estádio brasiliense, mas não só nessa estrutura. A captação de resíduos sólidos, que é uma necessidade não só de Brasília, mas de todo o país poderá, enfim, ser implementada. O veículo leve sobre trilhos (VLT), que está embargado pela Justiça depois de ter sido encontradas irregularidades no edital, e a construção de uma linha férrea entre o DF e Goiás são alternativas que também podem aparecer para o transporte. O primeiro terá ainda este ano uma nova licitação, segundo o governo, mais transparente, que ligará toda a área central de Brasília e que no futuro deve ainda diminuir o número de ônibus na região. Na Espanha Agnelo Queiroz visitou as instalações do Estádio Santiago Bernabeu, a casa do Real Madrid, e reforçou o comprometimento em fazer em Brasília não apenas um estádio de futebol, mas uma arena multiuso. No meio do encontro uma pausa para tietar o meio-de-campo da Seleção Brasileira e do Real Madri Kaká, que nasceu em Brasília.

Ainda em Madri, Agnelo continuou a série de visitas e conheceu a malha ferroviária da Espanha para assimilar as experiências daquele país com esse tipo de transporte e estuda a implantação desse sistema no Distrito Federal. Além do DF, o Governo Federal também tem interesse nesse tipo de transporte e o governador aproveitou para anunciar que as obras no DF devem começar no segundo semestre de 2012 e terão a participação do estado de Goiás. “As prioridades são as linhas entre Luziânia e a Rodoferroviária de Brasília e a ligação Goiânia-Brasília”, afirmou o governador, que já tem R$ 2 milhões liberados pelo Ministério dos Transportes.
Na Alemanha, último país europeu a receber jogos do mundial da Fifa, visitou o Estádio Olímpico de Berlim um dos mais modernos estádios de futebol do mundo e referência no gênero. A arena, que sedia jogos da Bundesliga (o campeonato alemão de futebol), recebe cerca de 500 eventos culturais por ano. O exemplo servirá para a construção do novo Estádio Mané Garrincha que, após a Copa de 2014 e a Copa América de 2015, terá sua funcionalidade de multi- usualidade para outros eventos, além do futebol.
Ao chegar à França a comitiva conheceu o Centro de Controle e Operação do Metrô, a Agência de Financiamento Francesa e a Usina de Reciclagem de Lixo de Paris. Exemplos que serão, segundo o governador, multiplicados no DF. Durante a estada na capital francesa ele conheceu a empresa estatal francesa Régie Autonome des Transports Parisiens (RATP), responsável pelo transporte na capital, Paris, e nos arredores dela e a empresa de tratamento de resíduos sólidos Syctcom. Depois de conhecer o sistema de transporte público, Agnelo anunciou que o edital para uma nova licitação do veículo leve sobre trilhos (VLT) será  realizada nos próximos meses. O antigo havia sido suspenso pela Justiça por conta de irregularidades e o GDF não se dispôs a continuar uma briga jurídica pela manutenção da licitação.
Já em Londres, conheceu a arena Millennium Domme, que recebe diversos eventos culturais e que pode ter sua experiência repetida no Mané Garrincha, quando este não estiver sendo utilizado pelo futebol,

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui