GOVERNO AUSENTE NA AUDIÊNCIA SOBRE PLANO DE SAÚDE DO GDF

3
7

O governo não parece muito preocupado em implantar o plano de saúde para os 130 mil servidores do GDF. Nenhum representante compareceu à audiência pública realizada nesta sexta-feira (29) na Câmara Legislativa para discutir o tema. Mesmo assim, os participantes debateram alternativas para se chegar ao tão sonhado benefício.

Autora da proposta, a deputada Eliana Pedrosa lamentou a ausência do governo e, ao lado dos deputados Agaciel Maia e Olair Francisco, assinou requerimento convocando o secretário de Administração Pública do DF, Denilson Bento. Ele deve explicar porque até hoje não há nenhuma movimentação do GDF para a implantação do plano de saúde.

Durante a audiência, Eliana lembrou as leis que garantem ao servidor do GDF o benefício do plano de saúde. Uma delas é de 2006 e outra de 2009, mas até hoje nada foi feito para cumpri-las. “O governador precisa tomar uma decisão. Se não for cumprir a lei, precisa revogá-la. O que não pode ocorrer é ignorar o direito do servidor. E hoje é isto que ocorre”, afirmou a deputada.

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Civis da Administração Direta, Autarquias, Fundações e Tribunal de Contas do DF (Sindireta), Ibrahim Yusef, mostrou preocupação com o tema. “Não vemos nenhuma movimentação positiva. Esperamos que com essa audiência o GDF nos dê um retorno quanto ao plano de saúde”, disse.

Servidores que participaram da audiência reclamaram da ausência do GDF. Mais grave que a ausência de Denilson Bento, foi a constatação de que até hoje o Instituto de Assistência à Saúde (INAS) não tem presidente e nem funcionários. Isso diminui em muito a possibilidade de implantação de plano de saúde para este ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui