GP’s pagas no GDF de Agnelo vão receber dinheiro no GB de Rollemberg

0
11

Garotas de programa dignas de aparecer na capa da Playboy, serviram a expressivos compulsivos sexuais de Brasília durante o governo de Agnelo Queiroz. O pagamento, a título de salário, cabia a uma empresa terceirizada do BRB. O responsável pela área, descoberto, foi demitido. As meninas voltaram a frequentar pontos estratégicos na descida de Sobradinho. O antigo chefe, agora apadrinhado pela turma que trabalha como se estivesse fazendo turismo, vai contratar as meninas de volta. Resta saber quem vai comer o que. Ou quem.

 

 

Fonte: Notibras

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui