GREVE DA CEB CONTINUA

0
11

 

A Diretoria da CEB, levando em consideração a situação econômico-financeira da empresa, num esforço para por fim à greve iniciada no dia 04/11, apresentou a seguinte proposta de acordo salarial para os trabalhadores:

 

1.    Manutenção do Acordo Coletivo de Trabalho – ACT, com todas as conquistas;

2.    Reajuste salarial de 5,58% correspondente ao INPC do período;

3.    Reajuste das cláusulas econômicas do ACT pelo INPC nos próximos dois anos;

4.    Implantação do plano de saúde contributivo único;

5.    Uma referência (3% de aumento) a partir de março para os empregados admitidos a partir de 2009 e a incorporação dos ACTs ao salário dos empregados antigos, condicionado à migração para o novo plano de saúde contributivo único;

6.    Abono indenizatório de R$ 2.000,00 em duas parcelas iguais de R$ 1.000,00;

7.    Definição das regras para pagamento da Participação nos Lucros e Resultados – PLR a partir de 2014;

8.    Manutenção do tíquete natalino.

 

Hoje pela manhã, assembleia dos trabalhadores rejeitou a proposta e o sindicato decidiu não mais permitir o acesso à empresa nem dos trabalhadores que já estavam liberados por acordo.

 

Preocupada com os mais de 1.800 atendimentos em atraso, que chega a deixar moradores se energia elétrica por mais de 80 horas, a diretoria da empresa decidiu entrar na justiça com o pedido de abusividade e dissídio de greve.

 

 

Atenciosamente,

Comunicação Empresarial – COE

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui