Grupo faz protesto em homenagem a motociclista que morreu atropelada

0
19

Eles seguiram pelo Eixo Monumental até o Congresso Nacional onde a motociclista Bruna Mourão, 36 anos, morreu em um acidente de trânsito na semana passada. Segundo testemunhas, o motorista do carro estava falando ao celular

Um grupo de motociclistas se reuniu na manhã deste domingo (12/3) na Praça do Cruzeiro para uma manifestação de pedido de paz no trânsito. Eles seguiram pelo Eixo Monumental até o Congresso Nacional onde a motociclista Bruna Mourão, 36 anos, morreu em um acidente de trânsito na semana passada. Segundo testemunhas, o motorista do carro envolvido na batida estava falando ao celular quando atravessou três faixas e bateu na moto de Bruna.

Saiba mais

  • Acidente ao lado da Câmara dos Deputados deixa motociclista ferida
    Acidente ao lado da Câmara dos Deputados deixa motociclista ferida

Para Nenita Leite, 50 anos, o movimento é para chamar a atenção dos motoristas a não usar celular dirigindo.”Temos uma página no Facebook para lançar campanhas educativas sobre isso. A página Encontros de Motos em Brasília cria vídeos educativos para alertar toda a população sobre os perigos de dirigir usando aparelhos celulares”, alertou.

Ainda segundo levantamento de Nenita, 15 motociclistas morreram no trânsito de Brasília no ano passado. “Em 2017, foram duas mortes”, comentou.
Paula Pires/Esp.CB/D.A Press