Hemocentro de Brasília completa 35 anos

0
16

hemocentroAgnelo 

Data foi comemorada com solenidade e teve doação de sangue feita pelo governador

 

Profissionais de saúde, doadores de sangue e autoridades se reuniram nesta quarta-feira (27) para celebrar os 35 anos do Hemocentro de Brasília, instituição que neste ano contou, até o momento, com 54,3 mil doadores de sangue e medula óssea.

 

“É uma alegria imensa poder comemorar os 35 anos do Hemocentro e ver que tivemos muitos avanços ao longo de nossa gestão. É necessário dizer que o Hemocentro é um serviço público e podemos mostrar que esse serviço é de qualidade, que tem tecnologia, recursos humanos e que é o melhor do Brasil”, destacou o governador Agnelo Queiroz.

 

Como parte das comemorações do aniversário, o Hemocentro inaugurou um painel de fotos que retratam a história da instituição e homenageou as pessoas que ajudam a manter os estoques de sangue em níveis estratégicos.

 

A solenidade contou ainda com a participação da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro e com a doação de sangue do governador Agnelo Queiroz e do secretário de Esporte, Julio Ribeiro.

 

MODERNIDADE – Referência no diagnóstico de coagulopatias hereditárias -doenças relacionadas à coagulação-, o Hemocentro possui diversos selos de qualidade e certificações ISO, além da satisfação de 98,1% dos doadores de sangue.

 

Das 54,3 mil pessoas que fizeram doações este ano, 60% são homens e 40% mulheres, e muitas integram alguns dos 1,3 mil grupos parceiros, como empresas, instituições religiosas e Organizações Não Governamentais (ONGs).

 

Para aumentar a captação, o Hemocentro utiliza, ainda, 2,1 mil multiplicadores que disseminam informações para todo o Distrito Federal sobre a importância da doação de sangue e de medula óssea e como o interessado deve proceder para fazer a doação.

 

“Sou doadora desde os 18 anos e acho esse gesto importante para ajudar a quem precisa. Me sinto muito bem ao doar sangue porque é parte de mim que está fazendo o bem a outras pessoas”, disse a doadora Fabiana Azevedo, 34 anos, moradora de Águas Claras.

 

DESTAQUE – A satisfação sentida pelos doadores, também é compartilhada pelas pessoas que são atendidas com as doações captadas pela instituição. Segundo a Secretaria de Saúde, o Hemocentro do DF é uma das quatro unidades de todo o país certificada pela Associação Americana de Bancos de Sangue.

 

Além dessa certificação, outro destaque do Hemocentro da capital federal é o novo formato de atuação que, além da captação de sangue, oferece atendimento a pacientes com hemofilia e entrega de medicação, mensalmente, nas residências de 70% dessas pessoas.

 

Durante a solenidade, o governador Agnelo Queiroz ressaltou a importância da doação de sangue, “principalmente nas épocas de festa, período em que os bancos, historicamente, abaixam seus estoques”.

 

Para doar é preciso ter entre 16 e 67 anos e pesar acima de 50 quilos. No ato do cadastro, é necessário apresentar documento oficial com foto válido em todo território nacional.

 

A doação pode ser agendada pelo telefone 160, opção 2 (Disque Saúde)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui