Hospital de Samambaia terá leitos ampliados

0
8

 

Box de emergência terá sua capacidade ampliada de três para sete leitos

As obras de ampliação do box de emergência do Hospital Regional de Samambaia (HRSam) foram iniciadas na última sexta-feira (19) e estarão concluídas em aproximadamente quatro semanas.

O  box de emergência, que dispõe de três leitos,  após a reforma passará a contar com sete leitos, o que permitirá dobrar a capacidade de atendimento na sala vermelha. Já a sala amarela, que tem hoje oito leitos – quatro femininos e quatro masculinos – receberá pontos de oxigênio a vácuo e de ar comprimido.

“Com essa reforma daremos mais suporte à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), além de ampliar nossa capacidade de atendimento às urgências e emergências”, explicou o coordenador-geral de Saúde de Samambaia, Manoel Fontes.

Para o diretor do Hospital Regional de Samambaia, Élio de Aguiar, a ampliação do box de emergência é imprescindível para a população de Samambaia. “Essa reforma melhorará muito a assistência médica aos pacientes, já que dobrará a capacidade de atendimento”, informou.

Durante as obras haverá uma redução na capacidade de leitos do box de emergência, mas os casos de emergência serão atendidos normalmente o que restringirá o encaminhamento de pacientes transferidos de outros hospitais e pelo Samu.

Centro cirúrgico ganha mais uma sala

O centro cirúrgico do HRSam já foi ampliado. A unidade, que contava com duas salas, agora dispõe de três ambientes para cirurgias de pequena e média complexidade. Além disso, todos os focos cirúrgicos foram trocados.

“Com essas ampliações, sairemos de uma média de dez cirurgias eletivas, para, no mínimo, 60 procedimentos por mês, a partir do mês de agosto”, informou o chefe da Unidade de Clínicas Cirúrgicas, Ricardo da Silva Gomes.

O HRSam realiza, atualmente, no centro cirúrgico procedimentos de pequena e média complexidades, como cirurgia para tratamento de hérnia, colescistectomia (vesícula), reconstrução de trânsito intestinal, vasectomia, mastectomia com reconstrução mamária, tireoidectomia, entre outras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui