IBOPE NÃO É CONFIÁVEL NO DF

0
14

Na eleição de 1998, o presidente do IBOPE, Carlos Montenegro, afirmou, em entrevista à Globo, que Cristovam Buarque estava reeleito governador do Distrito Federal, e que se não fosse, ‘não faria mais pesquisas no DF’.

No mesmo dia, ao término da contagem dos votos válidos, Roriz havia ganho a disputa com Cristovam Buarque (que era o candidato do PT). O IBOPE  ficou desacreditado no Distrito Federal.

Estranhamente, o mesmo IBOPE apareceu nos últimos dias com subidas ‘inexplicáveis’ do candidato petista Agnelo Queiroz (PT).

Para o candidato ao GDF, Joaquim Roriz (PSC), tudo não passa de “especulação”. E completou: ” A verdade se abrirá nas urnas do dia 3 de outubro”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui