Iminência de crise generalizada na Saúde

0
10

saudejpg_338
A presidente do Sindicato dos Servidores da Saúde do DF (SindSaúde), Marli Rodrigues, voltou a alertar o governo local sobre a crise que pode ser gerada, caso não haja o lançamento de uma série de medidas com vistas a melhorar a estrutura dos hospitais e centros de saúde. “Além do desabastecimento, há um déficit de 20% de funcionários. Sem pessimismo algum, a tendência lógica é que a situação piore ainda mais”, afirmou.
Campanha
A sindicalista adianta que, amanhã, encabeçará campanha para sensibilizar os governos do DF e, principalmente, o Federal a darem mais atenção à saúde pública. “Estamos de mãos atadas. Quem tem dor, não espera. Mas como como atender sem condições?”, indaga ao dizer que Brasília “vai parar”.
Ato público
Servidores do Poder Judiciário e do Ministério Público da União (MPU) promovem, hoje, a partir das 14h30, um ato público pela aprovação de projetos de lei que reajustam os salários das categorias. A manifestação, organizada pelo Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário e do MPU (Sindjus), será no Auditório Nereu Ramos, da Câmara dos Deputados.
Em busca de apoio
O objetivo da atividade é debater estratégias para a aprovação dos projetos de lei e conquistar apoiamentos de deputados e senadores que possam efetivamente ajudar no processo de negociação entre servidores e Poder Executivo.
Afastamento para estudo
Está no Diário Oficial do Distrito Federal do dia 5 a liberação dos professores que solicitaram afastamento remunerado para estudo.

 

 

Fonte: Ponto do Servidor/Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui