INDICIADA NA CPI DA EDUCAÇÃO

2
15

A Secretaria Extraordinária de Educação Integral, reduzida ao status de subsecretaria, será comandada por antiga servidora da educação, Hélvia Paranaguá, indicada pela deputada Eurides Brito (PMDB).

A CPI da Educação na Câmara Legislativa, relatada pelo deputado distrital Paulo Tadeu (PT) em 2006, pediu o indiciamento de Hélvia, por corrupção, concussão, prevaricação e advocacia administrativa.

A atual vice-governadora, Ivelise Longhi, era deputada distrital e foi a vice-presidente da CPI da Educação.

Informações do Correio Braziliense/blog da ana maria campos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui