Infovias do Norte Conectado levaram inclusão digital à região Amazônica

A inauguração da Infovia 01 contribuiu significativamente para a transformação da conectividade na região, abrindo novas oportunidades para 3 milhões de pessoas

 

(Foto: Pablo Le Roy/MCom)

O Programa Norte Conectado, do Ministério das Comunicações (MCom), alcançou marcos significativos em 2023, visando a expansão da infraestrutura de comunicações na região Amazônica. Com a presença do presidente Lula e do ministro Juscelino Filho, foi inaugurada a Infovia 01 em Santarém (PA) no mês de agosto, beneficiando 3 milhões de pessoas em 11 municípios.
“Com essa Infovia, o filho do pobre, através da internet, terá a mesma qualidade de aula que o filho do rico nesse país. É o Estado se aproximando das pessoas e não as pessoas indo atrás do Estado. É o Estado que tem que levar o desenvolvimento onde estão as pessoas. A Região Amazônica não é só a copa das árvores, não é só rio. Nessa região vivem milhões de brasileiros que querem viver bem, trabalhar, comer e vender aquilo que produzem”, destacou o presidente Lula.
Para o ministro Juscelino Filho, o marco representou a concretização dos esforços do governo brasileiro para a inclusão digital. “Este é um momento imensamente significativo para a Região Norte. É a união da ciência, do ensino e da tecnologia. As riquezas naturais dos rios amazônicos se juntam, agora, a uma outra: a da conectividade, que levará internet em banda larga e em alta velocidade para as mais longínquas localidades do Norte do Brasil. Estamos assegurando à população da maior região do País um dos direitos fundamentais dos tempos atuais: o direito à inclusão digital”, comemorou.
FIBRA ÓPTICA SUBFLUVIAL

Em março, técnicos do MCom realizaram uma vistoria ao longo de 1.070 quilômetros do backbone da Infovia 01, composta por cabos de fibra óptica instalados nos rios da região amazônica. Essa iniciativa busca oferecer internet de alta velocidade a 11 cidades do Norte do país no trecho entre Santarém (PA) e Manaus (AM).
Já em julho, o MCom realizou uma segunda vistoria da Infovia 01 e para o lançamento da Infovia 02, abrangendo 1.139 km e conectando Tefé a Atalaia do Norte, interligando 12 municípios no Amazonas. Essa expansão foi detalhadamente inspecionada pela equipe técnica do MCom, desde as instalações até o processo de distribuição da conexão. “A vistoria técnica é uma etapa muito importante pois antecede a entrega propriamente dita, a partir de quando a população passa a contar com uma infraestrutura de conexão em altíssima velocidade para exercer a cidadania por meio do acesso à informação e às políticas e serviços públicos”, explicou o ministro Juscelino Filho. A capacidade dessas infovias é expressiva, com 24 pares de fibra óptica e até 20Tb/s, beneficiando instituições de ensino, saúde e demais serviços públicos.
Outro destaque foi a iniciativa internacional estabelecida em julho, quando o ministro Juscelino Filho se reuniu com o ministro colombiano Mauricio Lizcano para discutir um acordo de cooperação internacional com a Colômbia para implementação do 5G e conectividade na Amazônia. O intercâmbio de experiências visa impulsionar programas de inclusão digital e desenvolvimento na região.
O compromisso com a conectividade e inclusão digital foi reforçado com a assinatura do contrato de gestão do Centro de Bionegócios da Amazônia (CBA). O ministro Juscelino Filho destacou o interesse em melhorar a comunicação e a infraestrutura necessária para a inclusão digital na região. Ele indicou que o objetivo do MCom é transformar o CBA em um instrumento que contribua para o desenvolvimento, industrialização e competitividade, inclusive com apoio da infraestrutura de infovias e cabos de fibra óptica do programa Norte Conectado.
Cada uma das cidades que fazem parte do Norte Conectado terá um datacenter modular onde os pares de fibra estarão disponíveis para o uso. Também serão construídas Redes Metropolitanas que irão levar internet de qualidade às escolas públicas, unidades de saúde e segurança e outros equipamentos públicos.
As próximas Infovias a serem entregues são a 02, 03 e 04. O trecho da Infovia 02 possui 1.206 km de extensão, interligando as cidades amazonenses de Tefé e Atalaia do Norte. A Infovia 03, com 624 quilômetros de extensão, irá ligar Macapá (AP) a Belém (PA). Já a Infovia 04 irá beneficiar a população que vive entre as cidades de Vila de Moura (AM) e Boa Vista (RR). Serão 515 quilômetros de cabo óptico no leito dos rios.
NORTE CONECTADO – No total, o Programa Norte Conectado irá investir cerca de R$ 1,3 bilhão em oito Infovias com cabos compostos por 24 pares de fibra óptica. Cada par possui capacidade de até 20Tb por segundo, ou seja, pode transmitir simultânea amente o equivalente a 200 mil vídeos de streaming em HD com altíssima qualidade. Além disso, os cabos foram feitos para durarem pelos menos 25 anos submersos nos rios.
Toda essa estrutura irá beneficiar cerca de 10 milhões de brasileiros em 59 municípios dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima. Cada um dos municípios terá um Data Center Modular, onde os pares de fibra estarão disponíveis para o uso. O impacto ambiental dessa infraestrutura é praticamente zero e está preservando 68 milhões de árvores da região, já que não será utilizada uma rede típica de telecomunicações, enterrada ou posteada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui